segunda-feira, 8 de dezembro de 2008

WiMAX chega ao Brasil

Com a regulamentação da faixa de 3,5 GHz pela Anatel, que está em consulta pública até o dia 5 de janeiro de 2009, está dada a largada para a tecnologia WiMAX ganhar o Brasil. WiMAX é o padrão de conexão IEEE 802.16, completado em 2001 e publicado em 8 de abril de 2002. É uma interface de rede sem fio para cidades (WMAN). WiMAX é a sigla do inglês Worldwide Interoperability for Microwave Access, traduzindo, Interoperabilidade Mundial para Acesso de Micro-ondas. Quem batizou o IEEE 802.16 de WiMAX foi um grupo de indústrias conhecido como WiMAX, que promoveu semana passada, aqui no Rio, o congresso latino-americano do WiMAX Forum. Fórum cujo objetivo é promover a compatibilidade e inter-operabilidade entre equipamentos baseados neste padrão. O WiMAX é similar ao popular Wi-Fi (IEEE 802.11) que usamos em casa, porém dispõe de recursos mais avançados para melhorar as comunicações sem fio que o utilizam. O WiMAX vem para modernizar e dar mais velocidade a infra-estrutura de conexão em banda larga, oferecendo conexão para uso doméstico, empresarial e hotspots. Simplificando, o WiMAX é a evolução do atual padrão Wi-Fi, tecnologia para acesso a internet sem fios.

Wi-Fi vem de Wireless Fidelity, é a tecnologia que também chamados de hotspots, pontos de acesso a web, sem fio, comuns nas grandes cidades e em aeroportos. As empresas de telefonia também oferecem conexões sem fio Wi-Fi e os preços das tarifas vem se tornando mais acessíveis. "Brasil Telecom", "Claro", "TIM", "Vivo", e outras empresas de telefonia, já anunciaram planos para usar o WiMAX em nosso país. Juntamente com a tecnologia 3G, que é a terceira geração de celulares e dispõe de banda larga com velocidades de até 15 Mbps. O WiMAX vem para agilizar as taxas de tranferência, de upload e download, nos aparelhos de telefonia móvel, permitindo carregamento de áudio e vídeo em tempo real. A transmissão do sinal WiMAX é como a de um telefone celular. Um torre central envia o sinal para várias outras torres espalhadas e, estas, multiplicam o sinal para chegar aos aparelhos. Não teremos que nos preocupara mais em encontrar os hotspots, pois o sinal estará em toda parte, junto com o do telefone. É conexão, de qualidade, garantida. Esta tecnologia vai permitir que as empresas de telefonia móvel concorram com o sinal aberto da TV Digital, pois poderão disponibilizar programas de TV para serem vistos online.

Já estão surgindo os primeiros modelos de telefones celulares que captam o sinal de televisão digital, como o modelo da "Sansung" mostrado na postagem do dia 27/11/2008. O sinal da TV digital brasileira, o ISDB-T permite que usuários em movimento assistam televisão no celular, sem interferências, sendo que para isso o celular precisa ter uma placa de TV integrada. Com o WiMax, as empresas prestadoras de serviços de telefonia móvel também poderam emitir o seu 'sinal de TV' pois o sinal alcança um raio de até 50 km e velocidades de até 75 Mbps. Com o Wi-Fi isso não era possível, porque seu alcance é limitado a 100m e as velocidades médias ficam em torno de apenas 11 Mbps. O WiMAX permite que um aparelho de celular receba streaming de áudio e vídeo, reproduzindo os arquivos de áudio e vídeo recebidos, em tempo real. Poderemos, por exemplo, ouvir a uma rádio web ou assitir a um programa de TV, ao vivo, no celular. Vai ser muito legal poder assistir a todo conteúdo, on-demand, disponível no site da globo.com, tudo direto na telinha do telefone celular. Ótima notícia para nós fãs de TV, rádio e entretenimento digital.

Nenhum comentário: