terça-feira, 10 de agosto de 2010

3 em 1 ➜ O Fardo ➜ Teste ➜ Zhuang Zi e a Borboleta ✔

O Fardo
por Osho

A verdadeira vida de um homem é o caminho no qual ele se desfaz das mentiras que lhe foram impostas pelos outros. Desprovido das roupas, nu, ao natural, ele é aquilo que é. Trata-se aqui de ser, e não de vira ser. A mentira não pode transformar-se na verdade, a personalidade não pode transformar-se na sua alma. Não existe maneira de transformar o não-essencial em essencial. O não-essencial permanece não-essencial, e o essencial permanece essencial - eles não são conversíveis. Esforçar-se pela verdade só vai criar mais confusão.

A verdade não precisa ser conquistada. Ela não pode ser conquistada, pois já está aí. Apenas a mentira é que precisa ser descartada. Todos os anseios, propósitos, ideais e metas, todas as ideologias, religiões e sistemas de aperfeiçoamento, de melhoramento, são mentiras. Cuidado com tudo isso. Reconheça o fato de que do jeito como você é agora, você é uma mentira, resultado de manipulação, produzido pelos outros.

A busca da verdade é de fato uma distração e um adiamento. É a fórmula encontrada pela mentira para disfarçar-se. Olhea mentira de frente, examine a fundo a falsidade que é a sua personalidade. Pois encarar a mentira é parar de mentir. Deixar de mentir é desistir de buscar alguma verdade - não há necessidade disso. No momento em que desaparece a mentira, ali está a verdade em toda a sua beleza e esplendor. Encarando-se a mentira ela desaparece, e o que fica é a verdade.

✧☪♡⊹✩☀☪*¨☼*⊹•.¸¸☆✧☪♡⊹✩☀☪*¨☼*⊹•.¸¸☆✧☪♡⊹✩☀☪*¨☼*⊹•.¸¸☆

Ciência e Misticismo

Um dos pioneiros da psicologia transpessoal, Lawrence Le Shan, realizou uma interessante experiência há alguns anos: misturou frases pronunciadas por físicos de renome com frases tiradas de testemunhos de experiências transpessoais.

As palavras a seguir pertencem a Plank, Einstein, Bohr, e a Santo Agostinho, Vivekananda e doutrina Sufi. Tente descobrir quem falou a frase antes de ver as respostas no final da postagem de hoje:

1. (...) percebemos, cada vez mais, que nossa compreensão da natureza não pode partir de qualquer conhecimento definido; que ela não pode estar edificada sobre uma fundação rochosa, mas que todo conhecimento se encontra, por assim dizer, suspenso sobre um abismo infinito.

2. Toda tentativa de resolver as leis da causalidade, do tempo e do espaço será vã, uma vez que tal tentativa só poderia ser feita pressupondo que a existência desses três fatores fosse garantida.

3. Ao buscar compreender o continuum quadridimensional, é preciso um esforço no sentido de evitar uma conceitualização em termos sensoriais ou corporais. Ele não pode ser representado dessa forma, pois as imagens desse tipo são falsas e enganosas.

4. Se retirarmos o conceito de absoluto do espaço e do tempo, isso não significa que o absoluto tenha sido banido da existência, mas, de preferência, que foi identificado com alguma coisa mais específica... essa coisa fundamental é o um sem segundo (múltiplo quadridimensional).

5. A realidade última é unificada, impessoal, e pode ser captada se a buscarmos de forma impessoal, para além dos dados fornecidos por nossos sentidos.
6. Quando se busca a harmonia na vida, jamais se pode esquecer que nós próprios somos, ao mesmo tempo, atores e espectadores.

Veja as respostas no final da postagem...

✧☪♡⊹✩☀☪*¨☼*⊹•.¸¸☆✧☪♡⊹✩☀☪*¨☼*⊹•.¸¸☆✧☪♡⊹✩☀☪*¨☼*⊹•.¸¸☆
 
 
Uma vez, ao pôr do sol, Zuang Zi cochilou debaixo de uma árvore e sonhou que havia se transformado em uma linda borboleta. Ele bateu asas, certo de era mesmo uma borboleta... Ƹ̵̡Ӝ̵̨̄Ʒ

Esvoaçou aqui e ali com um regozijo tal, que logo esqueceu de que era Zhuang Zi.
 
E depois ao acordar, ficou confuso:
 
Zhuang Zi tinha sonhado ser uma borboleta ou era uma borboleta que tinha sonhado ser Zhuang Zi?
 
Talvez Zhuang Zi fosse na verdade uma borboleta!
 
Ou talvez a borboleta fosse Zhuang Zi! É esse o resultado da transformação das coisas.
 
✧☪♡⊹✩☀☪*¨☼*⊹•.¸¸☆✧☪♡⊹✩☀☪*¨☼*⊹•.¸¸☆✧☪♡⊹✩☀☪*¨☼*⊹•.¸¸☆
 
Os autores das seis frases (Ciência e Misticismo) acima são:

1. Einstein

2. Vivekananda

3. Santo Agostinho

4. Max Planc

5. Preceito da Doutrina Sufi

6. Niels Bohr

Um comentário:

Rafael Laman disse...

Parabéns irmão!!!

Tu não para e consegue nos trazer materiais mais sublimes a cada dia!!!

Muito obrigado por dividir!!!

Axé!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...