sábado, 28 de janeiro de 2012

Denúncia: Após desocupação, o drama dos moradores do Pinheirinho

Este vídeo foi feito pelo ativista Pedro Rios Leão, carioca que esteve em São José dos Campos (SP), na desocupação da comunidade carente conhecida como Pinheirinho. O vídeo traz graves denúncias, com o depoimento de testemunhas da violência policial, desrespeito aos direitos humanos e até de suposta ocultação de cadáveres - de pessoas que teriam sido mortas naquela localidade - durante a reintegração de posse determinada pela justiça paulista. Segue abaixo reprodução na íntegra da postagem feita pelo QTMD?, em 27/01/12:

“Eu queria matar a presidenta: depoimentos da guerra civil brasileira”

“Não se deixem levar pelo título forte. É figura retórica, provocação desesperada de quem viu o horror de perto. E é importante que assistam até o final. Segue a descrição do trabalho, por Pedro Rios Leão, que o filmou:

O Governador do estado de São Paulo, o Prefeito de São José dos campos, O Tribunal de Justiça de São Paulo, Toda a força policial, tanto da PM paulistana presente, quanto da Guarda Municipal, a direção inteira do hospital municipal de são josé, a mídia, em particular a Rede Globo, que escancaradamente foi o veículo oficial do Governo Paulista, TODO O CORPO JURÍDICO ENVOLVIDO NA REINTEGRAÇÃO DE POSSE, incluindo o ministro César Peluso, o Ministro Gilberto Carvalho,o ministro Eduardo Cardozo, todos, TODOS agindo a mando de Naji Nahas.

A lista de assassinos de Pinheirinho não tem fim. Parem de procurar apenas UM culpado! REVOLTE-SE. Exija a justiça que nos é negada todo dia! Pelo fim do domínio dos banqueiros. Juntos nós podemos.”


Nota do QTMD?

“Este site publica este vídeo como forma de pressionar para que o que aconteceu em Pinheirinho, no domingo, 22 de Janeiro de 2012, e que a própria presidenta já definiu como “barbárie”, seja investigado e que, se houve mesmo mortes, os corpos apareçam e que as famílias não fiquem anos esperando como as da época da ditadura militar. 

A editora deste site quer acreditar que vive num país que não tem medo da democracia. Sendo verdade que o governo paulista quebrou o pacto federativo para promover uma chacina, que seja punido. E que episódios como esse nunca mais se repitam. Aos que acharem o vídeo duro, peço que se imaginem no lugar do Pedro, colocando a própria vida em risco.”

2 comentários:

Anônimo disse...

O infeliz do Alckmin cometeu suicídio político, o prefeito de SJC (Eduardo Cury) ídem.

Anônimo disse...

PARA FAZER A DIFERENÇA NÃO PODEMOS ESPERAR OS OUTROS COMPARTILHAREM, PRECISAMOS INFORMAR NÓS MESMOS. Já que os canais tradicionais de informação estão ligados a interesses privados que mantém a segregação social, cabe a nós semear a informação que é de direito de todos.

Gastem uns minutos sendo jornalistas! postem isso onde puderem, mural de amigos, artistas do povo, comentários da imprensa, jornalistas. Quem não denucia ajuda a acobertar!

Por Renata Theodoro

Bom dia, camaradas! Bem queria escrever e passar toda impressão que tenho ao conviver com aqueles companheir@s que, sinceramente, estão cada vez mais desanimados. Os olhos eram cheios de esperança e sorrisos, mas a realidade está mudando e o sofrimento tornou-se nítido. O descaso dos próprios responsáveis virou sinônimo de revolta, de desânimo e de medo (mais ainda). Alguns se queixam até das ilusões prometidas por alguns partidos políticos (não convém citar nomes) que sequer prestaram solidariedade.
Conversar com uma mãe e vê-la chorando por não ter uma meia para colocar em sua pequena é de causar desespero em qualquer um. Conversar com crianças que reclamam de fome durante o dia e esperam ansiosamente pela hora do jantar que, convenhamos, é um prato muito raso e, para quem se encontra em situações desumanas como eles estão não é suficiente. É espantoso vê-los amontoados em colchões em um local que, quando está frio, é muito frio; e quando está calor, nem se fale. Ontem em meio ao caos de recebimento de doações, chuva, tumulto, uma criança de uns 4 anos me chamou e perguntou: 'Tia, que barulho é esse? Tá quebrando nossa casa de novo?'. O que responder para uma pequena com os olhos tomados por medo e solidão? Muitas, muitas, muitas crianças me dizem que estão sofrendo mais pela perda dos animais de estimação, nem tanto pela moradia que perderam. Isso sim é um exemplo de valores significativos. Outro fato que me emocionou muito ontem foi quando estava conversando com uma mãe que me disse que por ter que dar a mamadeira fria, seu bebê está sentindo muito mais cólica que o normal. Assustador, não é?
Mas tudo valeu mais a pena quando o Daniel, um pequeno de 5 anos, veio me oferecer uma bolacha, pois ele tinha conseguido distribuir entre todos da família e lembraram de mim.

Companheir@s, nós precisamos de mais ajuda! Não deixem de compartilhar e pedir doações. Isso é que está mantendo a força de forma geral, pois eles sentem-se acolhidos e cuidados.
Agradeço a todos que estão de mobilizando e peço de novo: continuem!

Abraços na esperança

COMPARTILHE! DENUNCIE!

Por Favor, denuncie também no Tribunal Penal Internacional, já que não temos mais Estado! Temos que ser MILHÕES para salvar essas vidas.

TPI: otp.informationdesk@icc-cpi.int

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...