segunda-feira, 13 de outubro de 2014

Alerta! :: Umidade Relativa do Ar

Os institutos de meteorologia observam diariamente os níveis de umidade relativa do ar. Seguindo recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), que estabelece que índices inferiores a 60% não são adequados para a saúde humana, por isso devemos sempre observar os níveis de criticidade da umidade do ar, classificados em atenção, alerta e emergência. 

Cabe aos órgãos de saúde pública decretar estados de criticidade de baixa umidade relativa do ar, levando em conta os níveis de atenção, alerta e emergência, conforme as recomendações da OMS.

O que significa umidade relativa do ar?

Significa, em termos simplificados, o quanto de água na forma de vapor existe na atmosfera no momento em relação ao total máximo que poderia existir, na temperatura observada. 

A umidade do ar é mais baixa principalmente no final do inverno e início da primavera, no período da tarde, entre 12 e 16 horas. A umidade fica mais alta.

Sempre que chove devido à evaporação que ocorre posteriormente, Em áreas florestadas ou próximas aos rios ou represa, Quando a temperatura diminui (orvalho).

Problemas decorrentes da baixa umidade do ar:


  • Complicações alérgicas e respiratórias devido ao ressecamento de mucosas;
  • Sangramento pelo nariz;
  • Ressecamento da pele;
  • Irritação dos olhos;
  • Eletricidade estática nas pessoas e em equipamentos eletrônicos;
  • Aumento do potencial de incêndios em pastagens e florestas.




Escala psicrométrica – classificação dos estados de criticidade:

Entre 21 e 30% - Estado de Atenção

Cuidados a serem tomados:

Evitar exercícios físicos ao ar livre entre 11 e 15 horas;
Umidificar o ambiente através de vaporizadores, toalhas molhadas, recipientes com água, molhamento de jardins, etc.;
Sempre que possível permanecer em locais protegidos do sol, em áreas vegetadas, etc.;
Consumir água à vontade.

Entre 12 e 20% - Estado de Alerta

Cuidados a serem tomados:

Observar as recomendações do estado de atenção;
Suprimir exercícios físicos e trabalhos ao ar livre entre 10 e 16 horas;
Evitar aglomerações em ambientes fechados;
Usar soro fisiológico para olhos e narinas.

Abaixo de 12% - Estado de Emergência

Cuidados a serem tomados:

Observar as recomendações para os estados de atenção e de alerta;
Determinar a interrupção de qualquer atividade ao ar livre entre 10 e 16 horas como aulas de educação física, coleta de lixo, entrega de correspondência, etc.;
Determinar a suspensão de atividades que exijam aglomerações de pessoas em recintos fechados como aulas, cinemas, etc., entre 10 e 16 horas;
Durante as tardes, manter com umidade os ambientes internos, principalmente quarto de crianças, hospitais, etc.

Nenhum comentário: